quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Dia do Estudante - Circuito de Oficinas

O dia 11 de agosto foi um dia de muita diversão entre os estudantes da nossa escola. Os estudantes foram informados de não trazer material neste dia, pois teríamos aulas diferentes, foi uma festa. As turmas participaram de um circuito de oficinas onde puderam jogar, brincar, aprender defesa pessoal, conhecer instrumentos musicais, jogar xadrez, karaokê, bingo e jogos no LIE.

Karaokê - Professora Elaine







Bingo - Professora Adriana




Xadrez - Professora Graziela







Música - conhecendo instrumentos - Professor Dinarte

Ritmo congada mineira - Professor Dinarte
Alfaia (tambor do maracatu), atabaque, agogô, meia lua, pandeiro, xequerê e agbê foram alguns dos instrumentos. O professor Dinarte trabalhou a congada mineira.




Kinect - Professora Luciara



Jogos na Informática - (brincando com Photofunia e outros)



Basquete - Professor Vinícius




 Salto em Altura - Professora Rita






Defesa Pessoal - Professora Luiza



Pingpong- Professora Maria Rosângela



terça-feira, 22 de agosto de 2017

Circulo da Paz

Círculo da Paz

Os Círculos da Paz tem como objetivo fortalecer vínculos, estruturar princípios de convivência,  favorecendo o diálogo, facilitando a compreensão das causas de conflitos, busca de soluções e respeito entre os participantes.

No círculo a  fala e a escuta fazem parte do processo dentro do respeito com o outro. Já há alguns anos trabalhamos com essa experiência na escola, não apenas com turmas problemáticas, mas também Círculos de Aprendizagem, de Leitura, de Interação etc..

Alceu Valim é um dos voluntários dos Círculos de construção de Paz. Na sexta-feira, dia 18 de agosto tivemos essa experiencia com os professores do turno da manhã, monitorados pelo voluntário  dos Círculos de construção de Paz Alceu Valim que atuou como facilitador. O principal objetivo foi reforçar a interação entre o grupo, pois este ano temos vários professores novos.

Objeto da palavra nas mãos do falante, os outros são os ouvintes


Objetos ao centro do círculo, escolhemos um objeto significativo, que simboliza o objeto da fala, enquanto esse objeto estiver com o falante este não pode ser interrompido.

O Circulo é inspirado nos povos indígenas da Austrália e Nova Zelândia, onde resolviam seus problemas num círculo de diálogo entre o clã, discutindo e tomando decisões coletivas. 


Em Caxias do Sul há o Núcleo de Justiça Restaurativa do Programa Caxias da Paz, que desde  2013 promove Círculos de Construção de Paz, que atuam em diversas instituições da cidade.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Projeto Escolas - Parceria de sucesso!

No dia 10 de agosto tivemos nossa escola transformada para a  sede do evento onde a Fundação apresentou o Projeto Escolas aos diretores das escolas públicas,  lançando o Processo de Seleção do Projeto Escolas 2018/2020.

Recepção dos Convidados - alegria contagiante dos clowns


Foram convidadas as direções das escolas públicas e autoridades.
Estiveram presente membros da diretoria Executiva da Fundação Marcopolo Gilberto da Silva Conceição e Lusuir Grochot, Viviane Pinto Bado, representante do Conselho de administração, Thiago Deiro, diretor de Recursos Humanos da empresa.
Também estiveram presente várias autoridades, representando a prefeitura de Caxias, Alessandra Picolli Zanrosso, gerente pedagógica da Secretaria Municipal de Educação; Gladis Vieira da 4ª CRE. Elaine Prigol representando o Conselho da Criança e Adolescente e Alexandre França, promotor de justiça.

Estudantes  participantes dos projetos recepcionaram os convidados na entrada da quadra!


A quadra de esportes foi toda reformulada para o evento!

A Orquestra Jovem da Fundação Marcopolo apresentou-se encantando a todos!
Muitos de nossos alunos participam da orquestra Jovem da Fundação Marcopolo, com aulas gratuitas de instrumento, musicalização e prática de orquestra duas vezes por semana. A Orquestra foi fundada em 2013, dentro do Projeto Mais Música de Caxias do Sul,( projeto federal mantido por Lei Rouanet e patrocinado pela Marcopolo).  Formada por 120 jovens do Projeto escolas e filhos de colaboradores da Marcopolo. Os músicos da orquestra podem levar seu instrumento para casa facilitando o estudo.



Orquestra Jovem da Fundação Marcopolo sob regência do Maestro Luiz Carlos Zeni Jr.






O diretor de Recursos Humanos Thiago Deiro esclareceu que o Projeto Escolas iniciou em 2003 com o objetivo de buscar o desenvolvimento do ambiente educacional e das relações da comunidade escolar, contribuindo para a formação de cidadãos capazes de enfrentar o mercado de trabalho e ocupar dignamente o seu lugar na sociedade. Desde sua criação, já apoiou 8 escolas da cidade e um público de 4.200 estudantes. 

Diretor de Recursos Humanos Thiago Deiro


                       Creice Santiago Arse apresentou o processo de seleção das escolas.

Diretores Thiago Deiro e Lusuir Grochot entregam placa em homenagem a escola:

Educação Inspira Transformação

É motivo de orgulho para o Projeto Escolas da Fundação Marcopolo ter feito parte da historia da EMEF Professora Marianinha Queiroz. Entre 2009 a 2017 contribuímos para o desenvolvimento de cidadãos mais conscientes e melhor preparados para os desafios da sociedade e do mercado de trabalho através de uma parceria para muito além da sala de aula. Juntos plantamos uma semente que há de germinar e criar um futuro melhor.

Nossa experiencia com essa parceria foi muito rica no evento nossa vice Lorena conseguiu expressar toda nossa gratidão à Fundação, em especial a representante da mesma, Creice Arsé!



"Vivemos uma das mais emocionantes etapas do Projeto Escolas, a abertura das inscrições para a seleção de um nova escola para receber este projeto maravilhoso! Os diretores e gestão da Fundação Marcopolo estiveram presentes na nossa escola no evento do dia 10 de agosto para conhecer os resultados da nossa parceria, que são alentadoras: 
Redução drástica da violência, redução da reprovação, de progressões e diminuição da evasão escolar. A qualificação através dos projetos de música, esportes e sustentabilidade, traçaram um novo perfil da escola, qualificando-se também a estrutura física e pedagógica. Hoje trabalhamos com estudantes mais focados e professores mais realizados e felizes, visando o sucesso de todos ! Não há como dimensionar o alcance deste projeto, pois tal qualificação repercute nas famílias e na comunidade do entorno da escola. Temos muito carinho pela Creice Arsé, analista de responsabilidade social e esse carinho foi representado pela homenagem das turmas  das professoras Aline Camazzola e Luiza Pedi, que finalizou com muitos abraços a Creice! Expressamos aqui nossa gratidão À Fundação Marcopolo, equipe gestora e a todos os envolvidos nesse projeto. Que Deus abençoe a todos!"
Lorena Bachi Steffli


Homenagem à Creice Santiago Arsé, analista de responsabilidade social da Fundação Marcopolo, pelos alunos das professoras Aline e Luiza, música, cartazes e abraços!


Entrega da placa da Escola em homenagem à  Fundação



Diretor da Fundação Marcopolo Sr. Lusuir Grochot


O período de inscrições inicia no dia 10 de agosto e termina no dia 30 de setembro de 2017, as escolas inscritas serão analisadas e em dezembro deste ano teremos a escola selecionada. São 3 anos de parceria, podendo se estender por mais 3 anos.


O Projeto Recicla - Reciclagem de Papel teve espaço reservado, com iluminação, para a mostra dos trabalhos feitos com papel descartado nas salas de aula.





No site do Projeto Escolas estão as informações sobre as inscrições.



Dia do Estudante - Circuito de Oficinas

O dia 11 de agosto foi um dia de muita diversão entre os estudantes da nossa escola. Os estudantes foram informados de não trazer material ...